… que ocorrem em várias cidades do país provam apenas algo: o povo, quando quer, obtém qualquer coisa.

Legítima ou não, justa ou injusta, basta uma vontade e organização. Tudo cai perante isto.

Note que tem coisa muito mais importante, penso, para que protestar veementemente do que tarifa de ônibus: e os desvios do dinheiro público? enriquecimento ilícito de autoridades? Péssima administração de vários órgãos? Justiça lenta e corrupta? Congresso grande, inchado e perdulário?

Pois é, o ideal seria que cada um de nós tivesse um pouco daqueles manifestantes do Sudeste, e não para tarifa de ônibus, mas para tudo o mais que, em se consertando, subimos ao primeiro mundo rapidinho, como já disse em outros posts.

Escuto comentaristas falando contra os manifestantes. Olha… estão dando uma lição de que, entre Estado e Povo, este ganha, quando quer.

Já pensou se os ares da França de 1787 começam a soprar por aqui?…

comments (1)

comments (1)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>