Meu vídeo para 2022

Reflexões & Cotidiano

Hoje postei meu vídeo de ano novo, tal qual faço desde o fim de 2015.
Esse ano o vídeo ficou meio apagado, meio dark, acho que resultado desses dois anos de pandemia.


Assistindo vídeo a vídeo se nota que os dois últimos estão mesmo menos felizes, como que concitando a sermos fortes em momentos difíceis.
A estrutura da música não muda: três partes. Na primeira me refiro ao ano que está acabando, na segunda faço a ponte entre os anos e na terceira lanço a mensagem para o novo ano.
Esse ano a mensagem foi “A vida começa em 2022”.

Eis a letra:

Em tempos do mal
Surge o que é real
Projetos em calma
Vacina na alma

Somos sobreviventes
Em doenças presentes

Viva sem depois
Vida começa em 2022.

A ideia da melodia me surgiu há uns três dias, enquanto estava no elevador do Manauara, a letra escrevi antes de ontem, e ontem gravei o áudio e o vídeo. Terminei de editá-lo hoje de manhã, e o upei no início da tarde.

No vídeo estou barbado, com imagem esmaecida.
Não vou mentir, já fiz vídeos mais felizes e otimistas que esse. Inclusive eu só o publiquei na minha página do facebook, sem sequer compartilhar para os meus seis perfis pessoais (cinco deles lotados) de lá.
Talvez tendo sido o primeiro ano inteiro que passei sem meu pai deixou tudo menos feliz. Adaptações.
Realmente espero que 2022 seja o primeiro ano do resto de nossas vidas, e que meu vídeo para 2023 seja muito e muito mais feliz e otimista que esse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.