Início Anos 80 Balneário da Ponte da Bolívia

Balneário da Ponte da Bolívia

1189
3
Foto do final dos anos 70

Era o balneário de Manaus na infância da geração 80. Frequentei  o local de 1979 (quando lembro, pode ter sido antes) até por volta de 1986. Era um local perto da barreira, aliás, ainda é.

O rio era largo, muito largo; com partes rasas e fundas; a parte rasa, que era a maior, era muito extensa. Nas cabanas se comia peixes servidos no local. A parte mais funda ficava perto da rua, onde pessoas pulavam na água (de cabeça, muita coragem!).

Foto do final dos anos 70

O rio passava por debaixo da rua, por um vão imenso, que formava uma ponte no rio; Na margem havia areia, muito branca. Nossa alegria; podia-se ver várias crianças com baldes e pazinhas;

Seguindo pelo outro lado da rua o rio continuava, passando por uma criação de peixes e, ao lado, uma propriedade nossa (bem, na verdade, nosso balneário e a criação de peixes é que vinham antes da Ponte da Bolívia, de acordo com a direção do rio.

O fim

Em 1985 (ou 1986?) a prefeitura teve a brilhante e talentosa ideia de construir um lixão logo depois da barreira. Um ano depois, o igarapé da Ponte da Bolívia estava poluído.

Meu pai, visionário, vendeu logo nosso balneário vizinho.

O igarapé até resiste, a floresta invadiu a areia. Há recuperação?

E assim, rapidamente, a Ponte da Bolívia deixou de ser opção para ser história..

Foi o único caso que conheço onde um rio não poluiu aos poucos, mas de uma vez.

3 COMENTÁRIOS

  1. a recuperação pode acontecer se tirarem a lixeira do km 19. o processo é lento mas se consegue reverter esse quadro. show de bola essa foto da “Ponte da Bolívia”.

  2. Sou Manauara,mas moro em rondonia desde 1975,porem antes de vir para Porto Velho,eu tambem frequantei muitas vezes a ponte da bolivia.Realmente o prefeito da epoca,nao tinha visao do estrago que fez na lembrança do Manauara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui