Início Reflexões & Cotidiano Aniversário… odeio! (mas ok, grato por lembrar).

Aniversário… odeio! (mas ok, grato por lembrar).

392
0

Eu sinceramente espero mudar esse pensamento, pois pelo fato de eu não conhecer ninguém que pense igual quanto, só me resta achar que é muito errado.

Odeio aniversário!

Fazer aniversário é estar um ano mais perto da própria morte, é ter um ano a menos de vida, e ter passado mais um ano com as metas descumpridas e ser obrigado a reconhecer o fracasso no cumprimento de tudo o que havíamos nos imposto. É um dia realmente para baixo, que devia não existir, algo com oo luto pela própria existência, cada minutoao menos traz a felicidade de que esse famigerado dia está passando.

Fico inconformado com alguém parabenizar alguém no aniversário, acho que o certo seria ser solidário com a aflição e decepção de o alvo estar um ano mais velho, isso me parece óbvio: um ano mais VELHO, e ainda tem que parabenize alguém por isso! Um contrassenso!

Já percebi que quem parabeniza o faz pela vontade de parabenizar, não necessariamente pela vontade de felicitar. Percebo isso porque pessoas próximas a mima, sabendo o quanto eu odeio essa data, ainda assim me parabenizam por essa bomba!

Sim, eu parabenizo os aniversáriantes, por convnção social, tenho que colocar a máscara de sociável, já que todos estão parabenizando e o alvo está gostando de ser felicitado, é bom que eu parabenize também, né? Desde os anos 90 nunca esqueci o que li no livro do Lair Ribeiro: “Trate o outro como o outro gostaria de ser tratado”, então, melhor eu congratular quem aniversarie.

Mas não comigo, não pra mim, eu dispenso.

E, sim, igualmente por convenção social, só me resta agradecer a qualquer felicitação de aniversário que eu receba! Minha convicção não pode se transformar em destrato ou em qualquer conduta deselegante, ainda mais sendo um problema e convicção minha comigo, ainda mais (até onde eu saiba) não partilhada com mais ninguém.

Então, agradeço a qualquer votos de felicidade e congratulação recebida nesta data, meu aniversário.

Mas agradeço ainda mais a quem não me parabenize.

Sim, também espero que eu mude esse pensamento, que já me acompanha há quase três décadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui