Início Direito Controvérsias do direito civil

Controvérsias do direito civil

543
0

Eu já havia me referido ao inferno do direito: sobre cahttps://marcoevangelista.blog.br/?p=4637da instituto existe uma infinidade de teses e opiniões. Pois bem, vejamos algumas do direito civil. Cada autor, professor ou estudioso de direito civil possui opinião diversa acerca de:

Feto é pessoa? Em caso positivo, quando se inicia tal personalidade? – Aqui cada autor diz uma coisa diferente, e a jurisprudência não ajuda: tem pra todo gosto.

O conceito de coisa e bem – Para uma corrente (estou aqui) tudo o que existe e não é pessoa é coisa; e toda coisa com utilidade é um bem. Para outra corrente, “bem” é o que tem valoração econômica, e “coisa” são bens corpóreos.

Existe “plano de existência”? – Alguns autores de renome batem o pé afirmando que não existe “inexistência”, apenas nulidade absoluta e pronto!

O que é indenização e compensação? – Para alguns, só se indeniza aquilo que não se pode compensar, ou seja, quando se fala em pecúnia, se fala em indenização; quando se trata de restaurar ou repor o bem, se usa “compensação”- não precisa dizer que para outra corrente (verdade seja dita: a maioria); se compensa aquilo que não pode ser reposto.

União estável é estado civil? – Para alguns, como eu, sim, pois tem inclusive regime de bens previsto em lei (comunhão parcial, se os conviventes não contrataram outro); para outros, não é estado civil, pela ausência de formalidade para sua constituição. E se for estado civil, como chamamos os integrantes? Para a lei é “companheiros”, mas para parte da doutrina é “conviventes”.

Assim, é importante deixar dito que não existe o certo e o errado. Existe algo conforme ou não o seu entendimento!

bcc

Artigo anteriorO inferno do direito
Próximo artigoOs direitos da personalidade SÃO absolutos, mas NÃO SÃO absolutos. Entendeu?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui