Checando a Wikipedia e o Google (que nunca mentem!), descobri que no dia de hoje, 11 de agosto, recaem 9 – nove! – datas comemorativas.

Dia do Advogado – Como costumo dizer em sala, etimologicamente, é aquele que “fala por alguém” (ad+vocare), não basta estudar e passar no Exame de Ordem, precisa vocação mesmo. Eu advoguei por 7 anos, não tenho boas recordações – um dia escrevo sobre isso – mas espero um dia voltar à advocacia;

Dia do Pindura – Ao menos em Manaus esse Dia nunca pegou. Lá no sudeste, nordeste e sul do país, grupos de acadêmicos de Direito resolvem “dar o cano” em algum restaurante. Assim que o garçom traz a conta, começam a musiquinha “Garçom guarda essa despesa / e põe um sorriso no rosto / seria muita avareza / cobrar em 11 de agosto!”

Dia do Direito – É como dia dos pais e dia das mães: tecnicamente são todos os dias! E como sempre digo em sala, o Direito não é bom nem ruim, é necessário;

Dia do Magistrado – Devemos comemorar os que julgam conforme o direito e adentraram ao cargo por mérito, e não os que julgam pelo dinheiro e entraram por mágica;

Dia do Estudante – Nunca ficou claro para mim a qual estudante esse “dia” se refere: Ao estudante secular, do prezinho até o pós-doutorado, ou a todos nós que uma vez que começamos a estudar, jamais paramos enquanto tivermos inteligência ativa? Em todo caso, parabéns pra nós 🙂 .

Dia do Garçom – O gente-fina que sempre nos serve bem independente do nosso humor. Um abração aos queridos garçons do Mercato, onde almoço quase todo dia. Até hoje só conheci um garçom antipático, era em uma pizzaria dos anos 80, acho que ele era parente da dona, só pode – afora este, sempre só conheci garçons legais;

Dia da Pintura – Embora eu ainda não tenha pintado uma tela sequer em 2014 (vou começar uma série sobre motocicletas e qualquer momento), pintura é um dos meus hobbies; como é dia da pintura e não do pintor, parabenizo a todos que sabem ficar um minuto na frente de algum quadro procurando algum interação com o que vê! (não é para todos, acredite!)

Dia da Consciência Nacional – Não temos, infelizmente (exceto em época de Copa do Mundo). Aqui deveríamos aprender com os Estadunidenses, que amam seu país e o vivem com alma. Apesar de termos uma população relativamente homogênea em comparação a outras nações do mundo, simplesmente não amamos nosso país, é triste!

Dia da Televisão – É uma maquininha de entreter, educar, informar, educar e transformar tem moldado o país desde 1950, sou um aficionado por televisão, dentro e fora da programação.

(Ainda é aniversário de Dom Pedro II, mas isso eu deixo para biógrafos escreverem sobre)

Dez ou mais "dias" hoje, pelo que consta na web. feliz 11 de agosto!
Dez ou mais “dias” hoje, pelo que consta na web. feliz 11 de agosto!

comments (1)

comments (1)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>