Adentrei ontem ao fim do primeiro terço da segunda idade. Finalmente cheguei aos 40; saco!

Quando eu era criança, associava pessoas de 40 a pré-velhos, depois, na adolescência, passei a enquadrá-los como pós-adultos. Quando cheguei aos 20 e poucos, os achava maduros; quando cheguei aos 30 imaginei que aos 40 éramos realizados.

Cheguei aos 40 e sou só mesmo pós adolescente de sempre. Começo a ver uma distância da minha idade mental para o que vejo espelho, isso é ruim – ou bom: significa que na velhice não me sentirei velho.

Olha, de bom mesmo atualmente, além do meu recente casamento, só o fato de eu estar lançando mais um livro; no mais, tudo do mesmo.

E já desde que passei pela crise dos 30 que aprendi a me proteger de frustrações: basta não gerar expectativas.

Bem, quanto ao meu dia de aniversariante, consegui algo muito legal: Nenhuma sala cantou parabéns pra mim, ainda bem, me livrei da cara de leso em que se fica nessas horas rsrsrsrs.

Ainda pensei mesmo, no início do dia, fazer um post espinafrando tais festinhas de sala e deixando claro que odeio aniversário, comemorações de aniversário ou qualquer coisa que o valha em relação à nova idade (me refiro ao MEU aniversário); antes de mais nada, ficar um ano mais velho significa que você tem um ano a menos de vida, para a frente; isso é para ser festejado? Mas pensei melhor e refleti que os festejos são realizadores para quem os faz, às vezes, mais do que para quem os recebe, então meus alunos se sentem bem me parabenizando – não seria eu a lhes tolher tal ato de agrado.

Essa semana toda vou trabalhar na divulgação do lançamento do “Caso dos Anciãos Traulet”, que lanço em papel no sábado.

Era para esse post ir ao ar ontem, assim que cheguei em casa, às 23, no dia do aniversário, mas o host do EvangeBlog (O FBhost), resolveu cair e estava fora do ar – acho até que foi melhor assim :-).

Bem vindo aos 40, Marco.

__40__

comments (2)

comments (2)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>