6 de novembro, é o “Dia do Riso”, e 18 de janeiro é “Dia Mundial do Riso”. Eu também não sabia que existia essa comemoração; outro dia escrevo sobre a origem de tais datas. Então, para celebrarmos, lhe trouxe motivos para rir desse nosso país – ria, mas faça algo para mudar esses seis motivos de piada:

1 – Salário mínimo – Embora a própria Constituição do pais determine que o salário mínimo deva atender a “moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social”.., e o DIEESE já tenha afirmado que o valor mínimo aceitável do salário mínimo seja de R$ 2.621,70; o valor do mesmo é…R$ 724,00 e, pior, a irredutibilidade do salário, preconizado na mesma Constituição, foi interpretada como sendo ” nominal” , ou seja: não importa que a inflação seja de onze por cento ao ano, desde que continue o salário a ser R$ 724,00, está irredutível, para todo os efeitos;

2 – Sistema tributário – O pais tem mais de 60 tributos que geram uma verdadeira pornografia tributária, onde nenhum, absolutamente NENHUM tributarista pode garantir qualquer informação já que nem o próprio Estado entende o emaranhado da legislação criada por ele próprio.

3 – Porte de arma para alguns cargos – A lei brasileira instituiu “cidadãos de primeira classe”, ou de “classe especial” também quanto à possibilidade de detentores de alguns cargos poderem portar armas. Como quase tudo o que é avacalhado no Brasil, o (des)armamento também o é, assim, além dos policiais que, claro, devem andar armados, e profissionais de segurança que, por igual óbvio motivo devem andar armados, alguém pode explicar porque alguns cargos, não ligados ao exercício do policiamento, podem ter porte de armas? O que torna tais cidadãos superiores?

4 – Cotas – No Brasil funciona assim: dão alguma solução popularesca para gerar “cala boca” em quem reclama, e pronto (a versão moderna do “pão e circo” romano). Assim, negros, estudantes de escola pública tem direito a “cotas”, ou seja, posição favorecida para alguns enquadramentos. Isso significa que se você é branco e estudou em escola particular, precisa estudar mais que o normal para ter o mesmo acesso à vaga que contém cota, não é pra rir? [escrevi mais sobre isso AQUI]

5 – PENA de “aposentadoria compulsória” – A coisa funciona assim, para alguns determinados agentes políticos, se for comprovada a pilantragem no exercício da função, o meliante ganha o direito de parar de trabalhar, mas continua recebendo o pagamento como se trabalhando estivesse. [escrevi mais sobre isso AQUI]

6 – Eleitorado – Não temos como explicar como governantes corruptos e parlamentares preguiçosos e aproveitadores são eleitos, ainda que aos quatro ventos se comprovem tais falcatruas.

Só rindo de nós mesmos, portanto.

rsd

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>