Acho flores um presente meio vazio, que tenta dizer algo mas nada diz.

Em 1987 nosso professor de matemática da sétima série, Chico, lembrou que uma aluna ficou chateada com ele porque entregou flores pra ele de aniversário e e ele as colocou em cima do armário da sala. Entendo bem o que ele fez.

Ao dar flores de presente, você entrega um cadáver de vegetal, que vai estragar, murchar e é isso o “significado” passado pelas flores.

Certa vez ganhei , em pleno trabalho, um buquê, pow, sabia nem o que fazer com aquilo. Como a mulher era importante, levei pra casa, tirei um botão daquele e deixei secando. Tirei foto e hoje é tudo o que resta daquilo: a foto e aquele botão desidratado.

Dava rosas de presente pra minha mãe porque ELA gostava, daria de presente a mulher porque ELA gosta; eu sempre vislumbrava nos anos 90, caso minha banda de rock viesse a tocar no programa da Hebe, eu entraria no palco lhe levando rosas – mulher gosta, pessoas normais gostam.

Mas, EU mesmo, acho meio estranho esse negócio – mas, como reconheço, o estranho, insensível e errado sou eu.

comments (1)

  • Também acho sem nexo receber flores,as pessoas até me criticam por causa disso kkk. Mas oq eu iria fazer com as flores afinal? o0
    Se vier acompanhada de algo que eu realmente irei usar tudo bem, mas só ela! Vai murchar, vai pro lixo e já era o presente kkkk.

comments (1)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>