Dou no máximo uns 20 anos para, em meu palpite:

1- Termos, comercialmente acessíveis, veículos alados em nossas garagens, o nome já dou agora: Aerocarros. O problema agora é que os acidentes são mais graves, pois pequenos abalrroamentos derrubam os veículos que, ainda que equipados com paraquedas, podem causar danos aos presentes no solo, pela forma que caírem (podem ser que não escutem a sirene de emergência de queda);

2- Teremos duas viagens espaciais disponíveis: a de contemplação onde se poderá dar de uma a seis voltas à terra, e a de estada na Lua, ocorre que, como até 2050 não teremos um hotel acessível construído naquele satélite, tal viagem será, até 2030, só de voltas contemplativas ao satélite. Os mais ricos postarão em redes sociais (ainda existirão) fotos tendo como fundo o espaço sideral, de preferência surgiundo o sol ou Saturno na foto;

3- Todas as doenças causadas por vírus já estarão controladas, até as novas possíveis;  porque já está disponível medicamento de bloqueio à reprodução viral em geral – em cápsulas e os injetáveis (soro), para efeito imediato. Infelizment, o câncer ainda será o grande inimigo da humanidade. No nascimento será injetado em cada bebê uma substância que bloqueará os hormônios reprodutivos – somente quando se quiser se poderá interromper a atuação de tal substância; assim, será o fim da gravidez indesejada e se terá o controle absoluto do crescimento populacional – ainda será proibido se escolher o sexo dos bebês;

4 – Haverá implante ocular, onde microcâmeras instaladas nas cavidades oculares do ex-cegos estarão conectadas com a área de visão do cérebro – detalhe – tais implantes darão a tais pacientes uma visão ainda melhor que a humana original, de forma que já existirão estudos para inplantes de tais microcâmeras em olhos saudáveis – tal estudo é uma cooperação conjunta da Apple, Microsoft e Google;

5 – A revolução audivisual estará presente: O cheiro já pode ser gravado em mídias magnétivas. Funcionando assim: Uma combinação de 36 odores estão concentrados em refils que, acionados pelo chip, se combinam gerando os 256 odores mais reconhecíveis cheiros ao olfato humano; filmes em 3D caíram em desuso, já que a moda serão os filmes 5D (com movimento de audiência e cheiro);

6 – Cabos quânticos já podem conectar impulsos nervosos – os mesmos utilizados nas microcâmeras oculares – e já podem ser usados para religar o sistema nervoso central nos traumas da coluna – tornando cadeiras de rodas coisas do futuro;

7 – Aparelhos parecidos com relógios de pulso (e que só funcionam em contato com o DNA do dono) unificam toda e qualquer atividade computacional e cibernética que, até então, se precisava de computador, tablets, players e celulares para serem executados.

E você, querido EvangeBlog-interator, o que prevê para o futuro próximo?

 

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>