O sigilo da fonte é uma prerrogativa constitucional dos que propagam notícia: ““É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional” – Artigo 5*, XIV.

O QUE É “sigilo da fonte”

É uma garantia para o jornalista que poderá continuar a colher fatos de de sua fonte – alguém informado – sabendo que ninguém molestará a origem de suas informações;

É uma garantia para a sociedade que estará sempre informada e não ludibriada pelo que possa lhe ser transmitido como notícia;

É um aviso a todo desonesto de que, a qualquer momento, poderá ter suas falcatruas noticiadas, já que uma fonte estará protegida, não temendo dizer o que sabe sobre o desmando.

O QUE NÃO É  “sigilo da fonte”

Não é valhacouto para inventar uma linha de “notícia” sequer; não pode ser estímulo à imprensa marrom;

Não é proteção a jornalista algum, pois quando o profissional o invoca, traz para si a origem da notícia, ou seja, se torna polo passivo em potencial em eventual demanda acerca do noticiado.

Não nos esqueçamos que o pior inimigo de um desonesto é uma imprensa livre.


comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>