Em outro post já tratei sobre nosso fascínio por fotos antigas. Mas hoje (Dia da Saudade, 30/1) trato sobre nosso problema com fotos e videos antigos.

É que o fato de serem preto e branco, ou serem de qualidade inferior às que temos hoje, torna tudo mais antigo do que realmente é;

Assim, quando vemos um filme preto e branco, nos parece que foi rodado há uns cem anos, quando na verdade alguns dos atores ainda estão vivos e inteiros;

Peguemos nossas fotos: Se você é da minha geração, suas fotos de bebê estão em preto e branco (putz!), e aqui está você, “atual” (tipo, ´ainda jovem´), ou seja: o fato da imagem estar com aquela condição de produção, faz com que pareça mais antiga, e até que você pareça mais velho atualmente, quando a compara a você;

Veja aquelas fotos dos anos 80 da Sonora: Tudo ficando vermelha, perdendo a cor e ficando sem definição. Resultado: não parecem que foram tiradas há “apenas” 30 anos, mas nos passam a impressão de serem muito mais antigas;

Esse é o motivo, também, de nos assustarmos sempre que assistimos a um filme antigo remasterizado e/ou colorizado; o susto é percebermos que tudo aquilo era tão atual quando foram produzidos quanto é a nossa realidade agora, a inferioridade do meio de registro é que fez tudo ficar ainda mais velho.

Então eu, que sou um aficionado por pesquisar fatos (adoro livros de Biografias, depois começo a postar resenhas sobre alguns aqui), procuro visualizar qualquer cena histórica como se eu lá estivesse, com luzes, sombras e movimentos atuais, para que não fique ainda mais longe de entender aquilo tudo.

Se fosse em cores e HD, pareceria tão antigo assim?

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>