Por algum motivo que Freud esqueceu de explicar, um dos sintomas de se tornar pai ou mãe é ficar meio debilóide quanto à capacidade de avaliar os danos causados pelas birras de seus lindos bebês(tiremos os 0,5% de exceção) . Para você que está nos 99,5%, peço encarecidamente que ao menos saiba que…

1 – As pessoas em volta não são abrigadas a ouvir gritos e choros do seu bebê; pense nisso, e no sossego deles, antes de levá-los para a próxima viagem (se você já curtiu serenata de bebê em avião entende bem o que digo…);

2- Não, eu não sei que crianças são arruaceiras por natureza, então, se for ao shopping, restaurante ou cinema, faça um favor aos que estão à sua volta: deixe as crianças em casa!

3- Ah, minha mãe sempre me conta que eu só saí de casa com dois anos de idade, justamente pra não incomodar ninguém; e estou aqui vivo e bem. 🙂

Acredite, quando seu filho for adulto vai lhe agradecer por ter seguido tudo isso.


comments (2)

comments (2)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>