Haja o que houver, JAMAIS esqueça que:

1 – “Personalidade” também é chamada de capacidade de direito, de aquisição ou de gozo. ; “capacidade” é também conhecida como capacidade de fato, de ação ou de exercício.

2 – “Emancipação” é a antecipação dos efeitos da capacidade plena. Pode ser convencional, legal, ou judicial.  A emancipação convencional (ou voluntária) e a legal por economia própria tem idade mínima de 16 anos exigíveis.

3 – Por regra o nome é imutável. Mas por exceções pode haver mudança por causas Voluntárias ou Legais. Causas voluntárias: mudança imotivada; Acréscimo de Apelidos Públicos notórios; Mudança de estado civil; Desconforto objetivo; Retificação de erros gráficos; Mudança de sexo. São causas obrigatórias de mudança do nome: Adoção e Mudança de filiação

4 – A morte é o fim da personalidade, ou fim da personalidade material. Pode ser real ou presumida, a morte presumida ocorre em desaparecimento com risco, em guerra (após dois anos depois da celebração da paz, sem notícias do desaparecido) ou na ausência, nesta última, existe um procedimento a ser seguido (1 ano de arrecadação de bens, 10 anos de sucessão provisória e 10 anos de sucessão definitiva).

5 – Pessoas jurídicas de direito privado são: Sociedades, associações, fundações, Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI), organizações religiosas e partidos políticos.

(Essas dicas são um extrato de meu eBook “201 dicas de direito civil”)


comments (1)

comments (1)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>