Eu até gostaria que o mundo acabasse mesmo; ao menos esse.

Em um outro e futuro mundo, poderiamos nos orgulhar dos mandatários e dos servidores públicos; saberíamos que agem em função de nós;

Teríamos informação correta de pra onde foi cada centavos pago por nos em tributos;

Os dirigentes nos temeriam, e não o contrário;

Haveria saúde, segurança, educação, infraestrutura e transporte – isso só já bastava;

Toda esta geração morreria: Os pilantras pelo que fizeram, e nós por termos permitido;

No novo mundo se teria orgulho do nosso Município, Estado e País.

Bem, mas parece que é só mais uma data e tudo vai continuar a mesma porcaria…

 

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>