Quando eu acompanhava meu pai pelas festas, o via em roda, com amigos, cantando músicas da Jovem Guarda. Pensava “Pqp… esse bando de velhos não cansa de lembrar dessas velharias não?”.

Estávamos nos 80´s, e não fazia nem 20 anos que passara a Jovem Guarda. Eu já chamava aquilo de velharia e ficava com raiva de ver os velhos lembrando daquelas músicas-museu.
E, voillá, eis-me e eis-nos, aqui.
Lembramos música dos anos 80; muito mais antigas agora do que eram a Jovem Guarda naqueles 80´s!
Agora nós somos os velhos que eu achava naquela época.
E, pior… lembramos mais dos 80’s do que eles lembravam dos 60’s!

Ou seja, somos infinitamente mais chatos do que aqueles velhos.
Me pergunto se a nova galera nos vê também como velhos que não param de lembrar das velharias dos 80´s.
Mistééééééério…


comments (2)

  • Cara, acho que os anos 80 foram a última década que deixou a sua geração orgulhosa de manter viva a sua lembrança. E olha, acho que é a mais marcante delas, pois até outras também ricas, como os anos 60 e 70, tiveram mais marcas na música, mas os 80, além da música, ponto mais forte, teve também os brinquedos anos 80, as roupas coloridas, os filmes inesquecíveis, as lindas musas (Luciana Vendramini, Lidia Brondi). Já as décadas seguintes, o que tem? Os anos 90 tiveram a música dance, mais foi só. Os 2000, nada de especial. Acho que nós, oitentões, seremos os últimos a nos reunir em festinhas e a cantar Menina Veneno, Pelado, Mamma Maria, e os mais jovens vão até nos olhar com inveja!

    • Bem , posso dizer com muito orgulho , que vivi os anos 80 .
      Sem esquecer também dos anos 70 , começo da febre “dance” …( Donna Summer , Bee Gees etc … ).
      A geração de hoje , infelizmente tem que se contentar com os “funks” e ” “sertanejos” agora universitários .
      Alguém de lembra das famosas “brincadeiras” em casas de colegas , ou até de desconhecidos em finais de semana ?
      Saudades dessa época .

comments (2)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>