Embora não esteja no título, é quase intuitivo pensarmos no principal modelo de cada uma das fábricas. Estamos nos referindo à Fender Stratocaster e à Gibson Les paul.

Tenho as duas. Em dezembro de 2011 completou 10 anos que eu não toco em nenhuma das duas. Mas, a qualquer momento, voltarão a contar.

Faço um breve comparativo:

Ambas são originalmente estadunidenses – ambas simbolizam música e juventude. Não importa se prefira uma ou outra, sempre que se toca guitarra e se tem dinheiro sobrando, se compra a outra, pra ter a dupla.

A Fender StratoCaster  é mais leve, possui alavanca (embora não conheço quem a use!) – O som é metálico e limpo, pode-se perceber a corda batendo nos trastes quando está ligada direto no amplificador. Tem um som mais estridente, exato, seco.

A Gibson Les Paul é mais pesada – O som é quente, forte, grave, uniforme e aguado, quase pode-se sentir o som da madeira. Ao se ligar a distorção, fica infinitamente mais pesada e suja do que a Fender.

Possuo as duas. Acho a fender mais confortável de tocar, mas a Gibson dá uma segurança fora do comum, é mais difícil errar a nota nela, talvez por ter um braço com trastes mais espaçados.

 

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>