Certa vez ouvi meu professor de faculdade (lá se vão 16 anos…) dizer que adoção “não serve para dar filhos ao casal, mas para dar pais a quem não tem”. Discordo.

A adoção não deve ser vista “apenas” como “um ato de amor”, fica parecendo que os pais adotivos estão fazendo um favor para o adotado, e este deve ser eternamente grato por isso. Não! A adoção precisa trazer benefício a todos os envolvidos, inclusive para esses pais que agora podem ter o filho que não puderam naturalmente, ou qualquer outro motivo mas, seja o que for, sou contra qualquer interpretação que nos dê a entender que o coitadinho do adotado é um sortudo abençoado por sair do mundo dos sem-pais, somente. Não existe ilegalidade alguma em ser a adoção uma solução prática, simples e rápida para ser ter os filhos que não puderam surgir de outra forma. Qual é o problema?

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>