Penso que começamos a assistir, definitiva e oficialmente, à morte do CD. O power-trio ZZ Top, minha banda favorita atualmente, me surpreendeu.

Dia desses lançaram o EP “Texicali”.

Depois de anos sem gravar nada. Esperávamos um CD.

Não veio um CD, mas um EP, “Exended Play’. Com uma imagem de capa, mas não é uma capa, não de forma tangível.

Quatro músicas, que podem ser compradas uma a uma no itunes Store, ou se pode comprar o EP ineiro. Ficaram à frente do seu tempo, quando se pensava que eles lançariam um CD para ser pirateado, já foram direto à era digital.

Isso me fez lembrar do ABBA que, em 1983 lançaram pela primeira vez um “LP” que não era vinil, mas em CD e somente nesse formato Aquele pioneirismo foi revivido agora, com o EP digital do ZZ Top, mas sem o glamour publicitário dquela época.

Minha geração já pode dizer que é testemunha da história da origem e fim de uma mídia, o CD.


comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>