Esse é um retrato de um momento, a última grande cheia do rio, aqui no Amazonas. Minha geração presenciou a de 2009 e esta, de 2012. Antes, vivíamos sobre a história da cheia de 1953, contada por décadas como sendo “a maior”. Sempre ouvíamos que a água invadiu a Avenida Eduardo Ribeiro até o Relogio. Bem, essa, de 2012, fez igual. Ouvir a história é uma coisa, presenciar é outra.


comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>