Já tentei gostar de aniversariar, mas não consegui.

Quando se é pequeno, ok; festa, bolo, presente…. mas, quando se está no meio da própria história, é horrível!

Acho que é o choque da realidade com o idealizado – o fato é que, simplesmente, odeio fazer aniversário.

Mais história e menos vida. Um ano mais perto do fim – é como encaro.

Pelo menos quando se trata do MEU aniversário.

mdr

comments (2)

  • Carlos Alberto de Moraes Ramos Filho Reply

    Caro Marco: Por um lado tens razão! Mas ao contrastar a realidade com o idealizado, acho que (apesar de eu não saber o que fora idealizado por você) no seu caso a realidade é bem bacana, não? És um profissional respeitado pelos colegas, professor admirado pelos alunos, autor de inúmeras obras… Tens muitos motivos pra comemorar mais um aniversário! E, com certeza, muitos outros bons motivos irão surgir que te farão comemorar ainda muitos aniversários!

  • Brooklin Passos Bentes Reply

    Meu Professor de Direito Civil II, não pense assim, lembre-se que você é imortal, ou você pensa que tudo acaba aqui?

comments (2)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>