A primeira loja de departamentos pop chegou em Manaus em 1985.

A expectativa era muita. Desde 1983 aquele prédio começava a ser reformado. O boato é que seria a Mesbla.

O máximo que tínhamos aqui era Bemol, Pernambucanas e Lobras. Todas com fama de “povão”.

A Mesbla tinha fama de chique, pop. Grande.

Cinco andares. As escadas eram quase aéreas, sem coluna alguma para as sustentarem.

Primeiro andar – Umas coisas lá de maquiagem e, atrás – isso interessava – ao sessão de discos. Com algo que até então não havia em Manaus: Toca-discos para ouvirmos os bolachões antes de comprarmos. Isso pode parecer meio óbvio hoje, mas não o era na época: se quiséssemos ouvir algum disco em qualquer loja (disco de ouro, discolândia, Bemol…) precisaríamos pedir ao vendedor para que o tocasse no som da loja; é, toda a loja ouviria. A Mesbla trouxe o conceito de toca-discos individuais com fones de ouvido. Simples, mas inovador.

Segundo andar – Bagulhos de cozinha.

Terceiro – Roupas.

Quarto  Cama, mesa e banho .

Quinto andar – O melhor deles: Camping, caça, pesca, eletrônicos, instrumentos musicais e armas. Sim, naquela época qualquer cidadão podia ter uma.

Na época não havia aquele calçadão, e ao lado da Mesbla havia um estacionamento com Estar.

Bem, a loja era realmente muito legal.

Não havia shoppings como nós o conhecemos – havia um edifício chamado “Manaus Shopping Center”, o Cecomiz, que sequer havia loja ainda.

Era a primeira loja padrão shopping e era o mais próximo de um shopping que tínhamos. O sono de todo e qualquer Manauense era visitar a Mesbla.

Depois surgiu a Americanas, fechou a Lobrás.

A Mesbla chegou ao seu auge lá por 87 a 89. A frente dela então começou a encher de camelôs, colado à vitrina grudavam mesas vendendo cosméticos clandestinos: começou a ser uma aventura entrar e sair da Mesbla.

Abriu então a Mesbla Móveis e a Mesbla Náutica.

Nos anos 90 o logotipo mudou.

O fim foi rápido: A Mesbla quebrou, no país inteiro.

Li que recentemente tentaram soerguer a Mesbla, mas como loja virtual, e que a tentativa foi frustrada. Uma pena.

comments (5)

  • Lembro q eu corria pelas escadas da Mesbla. aventuraaaa

  • Mesbla, assim como Mappin tem força de marca. As marcas ainda valem muito dinheiro. A marca Mappin dfoi arrematada num leilão recentemente e voltará a ativa. Vai do novo proprietário manter essa força de marca.

    Se a Mesbla (a marca) voltar, vai depender de sua administração para manter o conceito que as lojas tinham.

  • Como nasci em 87, não lembro da loja, mas ouvi muito minha mãe falar dela.

  • em belém tinha só 3 pisos… mas era imensa…
    adorava a mesbla… e depois foi aclopada ao shopping…

  • Por incrível que pareça ainda tenho um cinto de couro comprado na Mesbla, até hoje uso para trabalhar. As roupas da Mesbla eram caras, mas de muita qualidade, lembro da linha Tucano, qualidade muito boa.

comments (5)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>