O CDC nos surpreende porque, ao leigo, pode parecer que trata apenas de “direito do consumidor”… não é verdade! É que a proteção ao consumidor, às vezes, acontece até de forma indireta: através de outros ramos do direito.

É que o CDC possui cinco, CINCO ramos do direito em seu texto. Como segue:

Direito civil (ou “Civil-consumerista”) – Artigos segundo, terceiro, do 8o. ao 54.

Direito penal – artigos 61 ao 78.

Direito administrativo – artigos quarto, quinto, 55 ao 60 e no artigo 105.

Direito Processual civil – artigos 81 ao 103 do CDC

Processual penal – os artigos 79 e 80 do CDC tratam sobre o assunto;

Significa que, para o pleno entendimento do Direito do Consumidor, se precisa não só cognição das leis cabíveis, mas também aos PRINCÍPIOS GERAIS de todos esses ramos do direitos.

(Detalhe: me refiro nesse post apenas ao Código, sequer me referi ao ´Direito do Consumidor´que, além do código, engloba o direito Constitucional e Internacional Privado! Trato sobre tudo isso no meu livro.)

Assim, não adianta muito cada fornecedor ter à disposição do consumidor um exemplar do CDC no balcão de venda, como determina a lei se, para entender tal lei, se precisa de tanto conhecimento… inacessível ao leigo em direito.


comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>