Assim era o momento:

  1. Guns’n’roses lançava o duplo “Use you illusion”; “Loosing my religion” (do R.E.M.) era a música internacional do momento;
  2. A lambada era o ritmo das rádios;
  3. Havia acabado o rock nacional;
  4. Collor, um Amazonense era Ministro, Zélia era a Ministra da Economia;
  5. Os carros nacionais eram carroças;
  6. O ano 2000 era uma realidade próxima, todos prontos para o fim do mundo;
  7. Últimos dias da Red Zone;
  8. O lance era o Kalamazon;
  9. Tinham rádio amadores, com path pra usar o telefone, e PXs;
  10. Os mais ricos tinham picape, o carro da moda;
  11. Manaus teria o primeiro shopping, no lugar da danceteria “brilho”;
  12. Últimos dias de glória do cinema 2, oscarito, grande othelo, cine qua non, carmem Miranda, cinema novo;
  13. Rock in Rio II;
  14. Manecos, os micro-ônibus que rodavam (e funcionavam!) em Manaus;
  15. Ressaca da copa de 90, a mais apagada de todas as copas;
  16. Foto hora – não precisava mais esperar dias na Sonora para vermos filme revelado!;
  17. A zona Franca (comércio) começava a morrer;
  18. Invasão dos computadores PC e fim dos MSX;
  19. No Ida Nelson, abolia-se as cadernetas e as notas vinham em formulários contínuos impressos;
  20. Print Shop, Print Master, PCTool, XTree XTPro, Wordstar, Lotus 123 , Wordperfect – programas de computadores que todo “micreiro” tinha;
  21. Disquete;
  22. Novela Carrosel;
  23. Flash e Crazy (bandas de Manaus);
  24. O CD começava a se popularizar;
  25. Se cogitava em, no máximo 5 anos, se implantar a telefonia rural (mas foi atropelada pelo celular);
  26. Comunicação de dados entre empresas era via Renpac, entre nós, surgiam os BBSs (a primeira, de Manaus , e mais popular, era a Contact ou Die, do Mingo!);
  27. Dinheiro? Cruzeiro!;
  28. Não passava bandeirantes no amazonas (assistíamos em um canal UHF naquele ano) – Sim, durante quase dois anos o sinal da Bandeirantes não passou em canal aberto em Manaus!
  29. Turnê “Steel Wheels” dos Rolling Stones (com transmissão da abertura, ao vivo pela Bandeirantes);
  30. CDC e ECA;
  31. Invasão dos carros importados;
  32. Carros pequenos de rico: Gol GTI e Kadett (se falava em GSI);
  33. Agendas eletrônicas Cassio;
  34. Jornais: A Crítica, A Notícia e Amazonas em Tempo;
  35. Michael Jackson e Paul McCartney faziam os primeiros shows no Brasil;
  36. O mundo era capitalista, o comunismo terminava de cair.

 

comments (2)

  • 37. As Melhores Rádios: Cidade Tropical FM e Novidade FM.
    38. Supermercados Casas da Banha (CB), Populares e Casas do Óleo (C.O)
    39. Os táxis eram AMARELOS
    40. A loja Belmiros era sinonimo de vender tenis da Reebok

comments (2)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>