Filho(a), você deve estar aí por 2030 tentando entender como era 2017 aqui em Manaus.

Bem, no primeiro dia desse ano explodiu três rebeliões como não havíamos visto e as redes sociais estão com fotos e vídeos de corpos esquartejados e sendo abertos. A geração do seu pai não via tal coisa nos anos 80 e 90, e achávamos que isso era coisa do passado.

Depois, começamos a assistir barbáries mas originados de organizações terroristas em outros países.

Agora sabemos que o mundo-cão é aqui perto e em nossa volta.

Não bastasse os presídios se inspirarem em Dante, 180 presidiários fugiram, nem metade recapturados. Não basta os criminosos usuais, mais esses nos cercam aqui.

Medo. As pessoas estão com medo aqui em Manaus. Qualquer estranho é um suspeito. Um vídeo de alguém (fugitivo?) tentando adentrar a um veículo foi postado, o que nos diz que nosso crro pode ser o próximo. Dois arrastões já foram noticiados.

Autoridades são acusadas.

O Governador recusou ajuda federal, e a polícia ameaça entrar em greve.

Tento seguir o que está na capa do CD da Noiantes “Não Tenha Medo do Caos!”.

Esse é o tempo e o lugar desse início de 2017, espero que quando você estiver lendo isso, tudo já esteja melhor ao ponto de duvidar que já esteve tão ruim como está aqui agora.

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>