Sobe ainda há pouco que hoje é dia do canhoto.

Viver em um mundo invertido deve ser estranho, imagino que todo canhoto já nasça pré-conformado de que terá de se adaptar.
Já começa com o estigma: “Canhoto” é um dos indicadores para “diabo”; é sinônimo de “sinistro”.
Historicamente, tudo associado ao esquerdo é demoníaco e indesejado.

Conheci uma moça ambidestra, porque o pai à forçou desde cedo a usar as duas mãos, pois ele, o pai, não se conformava que a filha fosse canhota e, sob o pretexto de fazer com que ela sofresse menos na ergonomia-padrão para destros do mundo, à ensinou a fazer tudo com a direita.

Deve ser fácil descobrir como um canhoto vive, basta tentarmos usar a esquerda para tudo; talvez no início seja impossível e, com o tempo, vire normal, eu acho.

Paul McCartney e Jimmy Hendryx eram canhotos, mas encaravam seus instrumentos diferente. Paul invertia as cordas, de forma que seu baixo, o Hofner, lhe parecia como um baixo pareceria para destros: com a corda grave em cima. Já Hendryx, e acho que por isso também ele é gênio… não inverta as cordas! Ele conseguia inverter, com a mão direita, as notas dos acordes, o que tornaria tudo mais difícil para tocar, e ainda fazia quelas loucuras que sabemos.

E o cérebro do canhoto: afinal, é todo invertido ou só a parte motora? E outra: será que se ficar ambidestro consegue compor melhor e calcular mais rápido, por acabar ficando com um “cérebro único” ao invés de dividido cartesianamente como o de um destro?

Fico imaginando, também, se eles não tem vontade de ler o texto da direita para esquerda – e se é mais fácil pra eles ler um texto refletido no espelho do que para nós. E um canhoto se sente normal e acha que o mundo inteiro é que está invertido (“Como esses destros são capazes de fazer tudo com a direta?!”) ou se acha um deslocado em tudo?

Outra: se já nascem com o cérebro invertido, será que algo mais é diferente, além disso? Porque se até o cérebro é diferente, fico pensando se até o sentido da circulação sanguínea deles também não poderia sê-lo…

Um dia vou descobrir se uma canhota consegue calcular o amor ou se consegue sentir os números.

Definitivamente, canhoto é sinistro – em qualquer sentido.

sqrd

comments (1)

  • Mayara Caroline Reply

    Hahaha, gostei desse post, afinal, sou “canhota”.
    Realmente vivemos em um mundo pra destros, tive que aprender a mexer o mouse do PC com a mão direita. Mas é legal, porque depois posso passar pra esquerda e faço com as duas mãos! Rs…

comments (1)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>