Lhe sou extremamente grato pela felicitação de aniversário a mim conferida.

Mas eu, que normalmente já odeio aniversário (afinal, significa que ficamos um ano mais velho e mais próximo da morte), esse ano especificamente odeio ainda mais do que todos, posto que nessa minha idade que passou, a saber, de maio de 2014 até agora, vivi o pior (“O” mesmo) momento da minha existência até aqui.

Tudo esta resumido nesses posts: AQUI (incluindo os comentários), AQUI,  AQUI , AQUI e  AQUI. – se você unir tudo, vai entender.

Ou seja, se já não tinha razão pra comemorar aniversário, como em todos os anos, tenho muito menos.

Está sendo difícil passar o dia de hoje recebendo tantos “parabéns” e tendo que distribuir sorrisos falsos de agradecimento, mormente por não poder exigir determinado pensamento de quem me parabeniza, que só eu tenho, afinal, acho que sou o ÚNICO no universo que odeia aniversário e odeio muito mais ser parabenizado por ficar mais velho.

Por isso, sei que você quer o meu melhor, me felicitou na maior e mais feliz das intenções, e reconheço isso.
Esse blogueiro aqui é que tem uma mente doentia.
Espero não ser visto como um grosso, escrevo com carinho.

Então, repetindo, MUITO OBRIGADO!

41

comments (3)

comments (3)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>