Em outro post tratei sobre as felicitações de fim de ano, hoje trato sobre as festas dessa época.

Chega o momento das festas de fim de ano. Ver todos em volta felizes é um problema muito grave, por três motivos:

– Você se lembra do(s) ultimo(s) natal(is) quando estava feliz também, isso aumenta a saudade;

– mesmo que não queira, começa a se comprar com todos à volta. Diferentemente de quando está sozinho, que sabe que está triste mas não save o quanto, quando está em ambiente festivo fica muito claro, podendo ser medido, o quanto está triste, isso torna tudo ainda pior e pior;

– Você passa a se perguntar se um dia voltará a ter essa alegria contagiante novamente. Você lembra que já teve momento de natais ruins, que já fez essa mesma pergunta, e que depois teve natais maravilhosos. Isso ajuda a segurar a barra, mas quase instantaneamente entra no medo de saber que, assim como nos jogos, sucesso passado não garante resultado futuro: pode ter sido sorte, assim, esse pode ser apenas o primeiro de todo os os outros naias que viverá vazio assim. Isso aterroriza.

É por isso que é maldade até convidar pessoas em momentos tristes para festas, melhor deixa-las recolhidas e retiradas, como pretendem estar, é a redoma de proteção – quiçá a única – que está conseguindo habitar.

etsirt

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>