Na aplicação de testes e provas individuais, é impossível fiscalizar bem a sala inteira para coibir a cola.

Nós, professores, costumamos eleger as zonas onde, a princípio, existe maior possibilidade de ocorrência de cola. meus quase 11 anos de magistério, aliados a conversas com alguns colegas, me fizeram concluir que o mapeamento aqui apresentado é quase unânime.

Não se trata de algo sobre “quem cola e quem não cola”, até porque as presunções, neste caso, são relativas e dependem também de outros fatores, mas de distribuição de atenção na fiscalização na sala.

Abaixo, reproduzo os locais das carteiras na sala de aula; a mesa neste caso está do lado esquerdo (vista aérea), em salas cujas mesas ficam do outro lado, basta inverter as posições.

Na cabeça do professor, são as seguintes as zonas periclitantes de cola presumidas:

Mapa_Sala_Cola

Legenda:

Zona 1:

“Está colando, certamente” – é a zona vermelha da cola, mormente se alunos que normalmente não sentam nesses locais resolvem ocupá-los justo em dias de prova, ou que tenham o lugar guardado por outrem justo nesses dias. É aqui que alunos acampam antes da prova, chegando uma ou duas horas antes para garantirem esses lugares. Eu mesmo já me decepcionei com alunos que, em dias de prova, chegam cedinho procurando essas cadeiras.

Zona 2:

“Muito provavelmente, está colando” – é onde senta o colão de ocasião (o patológico ou desesperado procura logo a zona vermelha) ou o que quer dar cola para alguém;

Zona 3:

“Na primeira oportunidade ou necessidade, cola” – Principalmente os que sentam na parede na fila em frente á mesa. aqui, um se esconde atrás do outro. É onde há maior incidência de barulho (conversa) durante a prova, quando existe. não é a toa que quem aqui senta fica sempre curvado com a cabeça colada na parede;

Zona 0:

Os que aqui sentam são os menos fiscalizados, gozam da presunção de inocência plena. Quem se expõe ganha em credibilidade. note que existe, na primeira fila da sala, uma zona de azul ainda mais claro, é a zona de presunção absoluta de inocência. Se um colão sentar aqui e colar, o próprio professor vai duvidar da própria percepção, pois ‘quem senta na frente, simplesmente, não cola’.

alocc

Obs.; Mais posts sobre cola AQUIAQUIAQUI, AQUI, AQUI e AQUI

e se você quer saber a impressão de cada área da sala em dias normais de aula, clique AQUI

 

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>