SEMPRE escuto essa pergunta. E sempre respondo com um sorridente “Não sei, depende da coordenação”.

Olha, eu espero NÂO ser professor da sua turma novamente.Calma! Leia:

É que a ÚNICA forma de eu divulgar meu trabalho, meus livros, é minha presença em várias turmas, o mais possível – é um dos motivos pelo qual ministro aula em várias faculdades.

Para que isso funcione, eu preciso a cada período ter novos alunos, manter a audiência oxigenada.

Ministrar aula para a mesma turma é “me vender para quem já me compra”, um desperdício de meses, em que poderia estar me fixando como marca a novos possíveis compradores. Na sua sala, quem tiver que gostar de mim, já gosta – quem não foi com a minha cara, com meu jeito ou método – não irá. Como qualquer coisa que chega em cima, a única direção possível é para frente ou para baixo.

Acredite, uma coordenação amada por mim é aquela que não me deixa ministrar aula mais de um período para a mesma turma;

Uma coordenação não-amada por mim é aquela que me mantém preso a alguma turma, ao mesmo grupo de alunos.

Ministrar mais de uma disciplina para uma mesma sala é, para fins de divulgação, uma desastre, um esforço jogado no túmulo. Sem falar que, tão ruim quanto o ostracismo, é a superexposição.

Por que gostamos tanto da nossa professora da segunda série? Porque ela está e ficou lá, naquele passado, na segunda série. Se ela continuasse sendo nossa professora até agora, já estaríamos enauseados à sua simples presença já que professor é ternura aliado a cobrança.

Mas, se eu for seu professor novamente, acredite, continuarei buscando ser o meu melhor. Sempre.

Escrevo isso aqui porque, claro, não tenho como te dizer isso ao vivo, já que você sempre pensará que é algo pessoal, ou algum problema com a turma – não é não – é questão prática de otimização de tempo e esforço.

Eu prefiro ser lembrado, a ser suportado.

É isso.

oadip

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>