A primeira letra que lembro haver escrito, é o início de 1987 – lá se vão quase 28 anos.

É uma letra psicodélica. Eu queria “provar” que mesmo de cara limpa dá pra escrever coisas bem malucas.

Logo com a letra veio a música, um dia a gravarei. Tem um ritmo batido e lento.

É algo assim:

Jábuti cor de púrpura
Navio Voando
Plástico na fratura
e o braço queimando

O mosquito se foga
Você sobe para baixo
Você toma uma droga
E você cai do cacho

E eu digo “Não”!

Banana vermelha
Cor de céu
Navio Azul
Cor de mamão

Se você toma mingau com canela
Um cara tão magro que parece um balão

O mosquito se foga
Você sobe para baixo
Você toma uma droga
E você cai do cacho
 
E eu digo “Não”!

 

ailedocisp

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>