O primeiro. Meu livro mais vendido. O que me apresentou ao mercado, e me fez ver que “eu posso”.

A orelha da segunda edição trazia:

“‘Descomplicar a ciência jurídica’ – Essa é a proposta de Marco Evangelista ao apresentar, em uma maneira direta e simples, as linhas gerais sobre o direito civil brasileiro, a saber: A teoria geral, estudo das pessoas, bens, obrigações, contratos, responsabilidade civil, coisas, família e sucessões.

O Direito Civil é o fundamento do direito privado, e nenhum estudo jurídico

A primeira edição, em 2006

pode prescindir do seu conhecimento.

Entendê-lo é questão de boa convivência, e não apenas de conhecimento acadêmico.

Esta obra pode ser lida seqüencialmente ou como fonte de consulta a assunto específico, e já é utilizada em várias instituições de ensino, com grande sucesso.

Atendendo à necessidade de acadêmicos, concursandos, curiosos e cidadãos, a presente obra lança luz sobre o ramo jurídico mais ligado à vida cotidiana: O Direito Civil.”

E na quarta capa, as inscrições panfletárias (sou bom em criar essas coisas 🙂 ):

“Esta obra inova na didática do direito!

  • A linguagem é simples e direta, sem adentrar a meandros que só importam aos altos estudiosos na matéria.
  • O conteúdo de direito civil ministrado nas faculdades e cursinhos está presente de forma sintética, sem perder os detalhes fundamentais dos institutos, a saber: Teoria geral do direito civil, estudo das pessoas e fatos jurídicos, direito das obrigações e contratos, responsabilidade civil, direito das coisas, direito de família e sucessões.
  • Detonando uma bomba na linguagem estritamente técnico-jurídica (leia-se “chata!”) que tem norteado a maioria das obras jurídicas, este livro torna divertida uma tarefa necessária: Aprender o direito civil por motivo de melhor convivência, lograr êxito em concursos ou obter boas notas nos cursos de graduações e pós-graduações.

Juristas e leigos transformaram este livro em um sucesso de vendas.

Descubra você também já que, afinal, essa obra foi escrita para você!”

comments (9)

  • Onde comprar? Qual o valor?
    Quando sairá a nova edição?

  • Professor quando este livro vai estar a disposição na livraria mais próxima???? Estou quase surrupiando este objeto da biblioteca da faculdade! Inclusive, os exemplares da biblioteca já estão entrando em estado de decomposição por excesso de manuseio.

    • Marco Evangelista Reply

      🙂

      • Professor,
        Quando sai nova edição?

        • Marco Evangelista Reply

          Boa pergunta! Aliás, todo dia me pergunto isso.
          É que no que toca a mim, escrever, eu posso fixar prazo. Mas a obra “viaja” entre revisor, diagramador, designer, capista, copydesk, gráfica… e aí, cada um fixa (e descumpre) um prazo.
          Depois de 6 (seis!) adiamentos, já nem marco mais data pra eu ver a nova edição.
          A expectativa é minha, também. Quando será?…

    • Ahhhhh!!! entao e voce Maila que toda vez empresta esse livro e eu nunca consigo reservar…

  • Railson Marreiros Reply

    Oi professor, quero lhe parabenizar pelas entrevistas ricas em aprendizado que tens dado a Rede Amazônica, quanta coisa boa para se aprender e apreender. São aulas em forma de informações informais, Simplesmente potentes para alcançar os mais diversos públicos. Parabéns professor!!!

    Já rodei todas as livrarias e sites de novos e usados atras do seu livro, mas não consigo comprá-lo há bastante tampo. O senhor sabe de algum prazo para ele ser lançado??? Abraços!!!

  • Professor Marcos, boa noite!

    Fiquei seu fã ao pesquisar e assistir aula de Direito das Obrigações no youtube, porem não estou encontrando um caminho para adquirir seus livros. Nesse primeiro momento tenho interesse pelo Direito sem Estresse. Pode me direcionar?

    Acabei de ver no fórum! De qualquer forma parabéns pelos trabalhos.

    Obrigado

comments (9)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>