É uma das modalidades de teste: trabalho em equipe; eu o uso quase como uma continuação da aula: cada um acaba escutando algo que não sabia, termina que saem da atividade tendo feito um teste e tendo tido, de alguma forma, uma aula sobre o assunto. Ao longo desses meus dez anos de magistério tem funcionado. O senso coletivo de cobrança mútua que surge na equipe faz, às vezes, até “pedra” pensar e trabalhar, como já presenciei.

Mas, dentre em meio à saca de maças, algumas estão estragadas: equipes às vezes fraudam a dinâmica dos trabalhos.

Nem me refiro aos integrantes “pesos-mortos”, os abigobaldos que nada fazem (quando não atrapalham) a própria equipe, isso não é fraude, é um problema (e um fardo) interno. Me refiro à má-fé mesmo.

Três das mais comuns fraudes são as que seguem:

1 – Inclusão de fantasmas – As equipes são “de seis” mas, estranhamento, aquela equipe não deixa passar de cinco integrantes na sala. Estranho… na lista de integrantes havia… seis nomes! É o “bota meu nome aí!”. Hum…

2 – Unificação de equipes – A comunicação virtual, cibernética, eletrônica é uma bênção… ou uma maldição. É como a faca, que corta o alimento ou mata alguém. Vez ou outra um indevido intercâmbio inter-equipes começa; e já aconteceu de, no fim das contas, os trabalhos virem todos iguais, de todas as equipes. É, amigo, conseguiram transformar sete equipes de seis integrantes cada uma em um grupão, uma “mega-equipe” de 42 integrantes; acontece…

3 – Equipes simuladas – Você divide as equipes. Aí alunos retardatários chegam na sala, procuram equipes e vêm até sua mesa: “Estão todas cheias, professor!” – “Ótimo, sente aqui e forme uma nova equipe. Quem chegar será da sua equipe.” ; nem dez minutos passam, e o ente some: acabou de se juntar a alguma outra equipe. Nos papéis entregues haverá um constando uma equipe de seis integrantes, e um outro, constando como “individual” mas, como se imagina, foi apenas uma equipe de sete; bonito…

Para minha sorte, até aqui essas desonestidades tem sido exceção, o que me mantém confiante em continuar com atividades em equipe. Amém.

eduarf

comments (0)

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>